Eduardo Costa - Site Oficial

Menu

Voltar para Discografia

No Boteco I

Imagem do cd
Fechar Janela

Entre Ele e Eu

Sinto que você está dividida

Entre ele e eu

Não sabe o que é melhor pra sua vda

Se é ele ou eu

Sino que elssa dúvida te cala

Toda vez que alguém

Vem te perguntar quem mais lhe agrada

Nem eu mesmo sei...

 

Eu já fiz de tudo pra entender

O que me faz tão parecido assim com ele

O que me falta que vc procura nele

O que é que eu tenho que ele ainda não te deu

Diga quel dos dois tem mais ciúme

O que mais sofre quando vc vai embora

Eu só te digo que se tem um que lhe adora

Esse alguém sou eu

 

Se ele tem seus beijos e carícias

Também tenho eu

Se ela chora quando está sozinho

Também choro eu...

Eu acho que devemos dar um jeito

Nessa situação

Dois amores dentro do seu peito

Num só coração...

 

Eu já fiz de tudo pra entender

O que me faz tão parecido assim com ele

O que me falta que vc procura nele

O que é que eu tenho que ele ainda não te deu

Diga qual dos dois tem mais ciúme

O que mais sofre quando vc vai embora

Eu só te digo que se tem um que lhe adora

Esse alguém sou eu....

Fechar Janela

Tô Indo Embora

Sinto que você está dividida

Entre ele e eu

Não sabe o que é melhor pra sua vda

Se é ele ou eu

Sinto que essa dúvida te cala

Toda vez que alguém

Vem te perguntar quem mais lhe agrada

Nem eu mesmo sei...

 

Eu já fiz de tudo pra entender

O que me faz tão parecido assim com ele

O que me falta que vc procura nele

O que é que eu tenho que ele ainda não te deu

Diga quel dos dois tem mais ciúme

O que mais sofre quando vc vai embora

Eu só te digo que se tem um que lhe adora

Esse alguém sou eu

 

Se ele tem seus beijos e carícias

Também tenho eu

Se ela chora quando está sozinho

Também choro eu...

Eu acho que devemos dar um jeito

Nessa situação

Dois amores dentro do seu peito

Num só coração...

 

Eu já fiz de tudo pra entender

O que me faz tão parecido assim com ele

O que me falta que vc procura nele

O que é que eu tenho que ele ainda não te deu

Diga qual dos dois tem mais ciúme

O que mais sofre quando vc vai embora

Eu só te digo que se tem um que lhe adora

Esse alguém sou eu....

Fechar Janela

Me Esqueça

Eu nem lembrava mais

Da cor dos seus olhos

Pra mim todos os beijos

Eram iguais

Hoje eu voltei atrás

Coração em pedaços

Caí nos seus braços

Depressa demais

Será que dessa vez você

Veio pra ficar

Se for apenas fingimento

E me fazer chorar

Então me esqueça

Oh, oh, me esqueça

Eu já tentei te esquecer

Troquei de amor todo dia

Mas o meu corpo mentia

Chamando por você

Será que dessa vez você

Veio pra ficar

Se for apenas fingimento

Pra me fazer chorar

Então me esqueça

 

Amor, me esqueça

Se for mentira outra vez

O amor que a gente fez

Então me esqueça

Amor, me esqueça

Se for paixão pra nunca mais

Não tire a minha paz

Amor me esqueça...

Oh, oh, me esqueça

Fechar Janela

Diz Pro Meu Olhar

Quantas vezes em silêncio, desejei sumir daqui

Ir buscar meus sonhos em outro caminho

E ao abrir aquela porta pra sair eu me toquei

Que nas ruas eu estava mais sozinho

Já dormi em outros braços, mas não pude te esquecer

O meu coração queimava feito brasa

Parecia um pesadelo viver longe de voce

E é por isso que voltei pra nossa casa

De saudade toda noite eu chorava

 

Não vou mais deixar, outro amor assim me machucar

Diz pro meu olhar, se vai me perdoar

(BIS)

 

Quando penso em nos dois, eu sinto raiva do que fiz

As lembranças vem molhar o meu sorriso

Tudo que eu mais queria estava perto e eu não vi

No inferno é que se vê o paraiso

Hoje eu sei tudo que quero e que preciso.

Fechar Janela

Linda Demais

Linda, só você me fascina

te desejo muito além do prazer,

vista meu futuro em teu corpo

e me ama como eu amo você

Vem fazer diferente do que mais ninguém faz,

faz parte de mim, me inventa outra vez

Vem conquistar meu mundo

Dividir o que é seu

Mil beijos de amor

Em muitos lençois

só eu e você, oh... oh...

Linda, conte a mim seus segredos

nos meus sonhos diga quem é você

Livre nunca mais tenha medo

pois quem ama tudo pode vencer...

Vem fazer diferente do que mais ninguém faz,

faz parte de mim, me invente outra vez

Vem conquistar meu mundo

dividir o que é seu, mil beijos de amor

em muitos lençóis, só eu e você, oh... oh...

 

Linda só você me fascina

te desejo muito além do prazer,

vista seu futuro em teu corpo

e me ama como eu amo você

Vem fazer diferente do que mais ninguém faz,

faz parte de mim, me inventa outra vez

só eu e você, oh... oh...

 

Linda só você me fascina

te desejo muito além do prazer

oh... oh... Linda!

Fechar Janela

É de Madrugada

É de madrugada

Estou sozinho em casa

No peito uma dor

Chamando seu amor

Queima feito brasa

Estou louco aqui sozinho

Sem ter o seu carinho

Perdido em minha solidão

Nao sei o que fazer

Só penso em vc

Dona do meu coração

 

É de madrugada...

 

 

È de madrugada...

 

Vem vem

Não posso mais ficar sozinho

Eu quero ter o seu carinho

Eu quero ter o seu amor

Vem vem

Não importa o que você4 fez no passado

Eu quero é ter você do meu lado

Eu quero ter o seu amor

 

É de madrugada...

 

Vem vem...

 

Vem vem...

 

È de madrugada.

Fechar Janela

As Paredes Azuis

Já se vai mais uma semana sem você

E eu aqui lutando pra esquecer

Tentando enganar meu coração

Entre nós tudo se tornou um caso sério

Que por fim foi terminar em adultério

Que muita gente chama de traição

 

Refrão

Aqui todas paredes são azuis

Daquela mesma cor que escolhemos

Tudo ainda está do mesmo jeito

Apenas o seu amor que hoje é menos

Essa é uma saudade sem igual

Fumaça de cigarro e caracol

O gosto do seu beijo está na boca

Seu cheiro ainda está no meu lençol

 

Olha aqui que espécie de amor você me deu

Me fez gostar assim e esqueceu

Me fez acreditar sem merecer

Olha aqui pintamos de azul nossas paredes

Deixou minha esperança toda verde

Depois tirou a cor do meu viver

 

Refrão

Aqui todas paredes são azuis

Daquela mesma cor que escolhemos

Tudo ainda está do mesmo jeito

Apenas o seu amor que hoje é menos

Essa é uma saudade sem igual

Fumaça de cigarro e caracol

Seu beijo ainda está na boca

Seu cheiro ainda está no meu lençol

Tá no meu lençol...

Fechar Janela

Imperfeito

Uma chuva de lembranças

Invade a minha solidão

Chega junto uma esperança

Acende a luz do meu coração

Tua foto no espelho

Um pedacinho de ilusão

A cama ainda tem seu cheiro

Perfume de sedução

 

E nessa noite embriagante

Até a lua quer você aqui

Paixão a gente não esconde

Perdão, é que eu não sei fingir

 

Meu delírio repete teu nome

Meu desejo só quer teu calor

Imperfeito, sou carne, sou homem

Me alimento só do seu amor

Do seu amor

 

Você me vê de outro jeito

Já não me vejo em seu olhar

Agora é inverno no meu peito

Que vontade de chorar !

O céu e a terra aqui se juntam

Porque eu não posso mais te amar

Vivo e morro entre perguntas

Sem respostas para me dar

Fechar Janela

Você Só Me Faz Feliz

É nesse sonho,

Que eu me encontro,

Eu não resisto,

Entrego os pontos

Você me toca é diferente

Nada sufoca o amor da gente

Se eu me transformo em rio,você é cachoeira

Se eu me transformo em serra,você é a ribanceira

Se eu me transformo em noite,você é meu luar

Sempre louca pra me amar...

Se eu me transformo em isca você é o meu anzol

Se eu me transformo em cama você é o meu lençol

Se eu me tranformo em planta você é minha raiz

 

Você só me faz feliz.....

 

É nesse sonho que eu me encontro

Eu não resisto,

Entrego os pontos

Você me toca

É diferente

Nada sufoca o amor da gente

Se eu me transformo em rio,você é cachoeira

Se eu me transformo em serra,você é a ribanceira

Se eu me transformo em noite,você é meu luar

Sempre louca pra me amar...

Se eu me transformo em isca você é o meu anzol

Se eu me transformo em cama você é o meu lençol

Se eu me transformo em planta você é minha raiz

 

Você só me faz feliz....

Você só me faz feliz....

Você só me faz feliz....

Fechar Janela

Imã

As vezes eu nem sei, o que pensar

Tentando encontrar a solução

O tempo quase já não passa

A vida não tem graça sem você não dá

Não dá pra ser feliz, não dá, não vejo condição

 

As vezes eu nem sei, por onde andar

Tentando espantar a solidão

Te vejo em tudo o que eu faço

Em todos os meus passos, onde quer que eu vá

Você não sai nenhum instante do meu coração

 

Tem uma força que me arrasta pra você

E essa força não me deixa te esquecer

Parece um imã que coisa louca

Loucura que não vai ter fim

É impossível arrancar você de mim

 

Quanto mais a vida passa

Mais eu sinto a falta de você

Meu coração te chama

Traz de volta nossos sonhos

Tantas coisas temos pra viver

Por que a gente se ama.

Fechar Janela

Você Decide

Se o seu coração está perdido

Dividido entre dois amores

O meu coração está partido

Só eu mesmo sei das minhas dores

 

Eu ja não suporto esse jogo

Já não quero bola dividida

Decida de uma vez é prova de fogo

Quem é o melhor na sua vida

 

Você decide, ou eu, ou ele

De quem será que você gosta mais de mim ou dele

Você decide o jogo é seu

Eu só não quero dividir você

Ou ele ou eu.

Fechar Janela

Página de Amigos

Ela ligou terminando tudo entre eu e ela e disse que

encontrou outra pessoa

Ela jogou os meus sonhos todos pela janela e me pediu pra

entender e encarar numa boa como se o meu coração fosse feito

de aço pediu pra esquecer os beijos e abraços e pra machucar

ainda brincou comigo disse em poucas palavras por favor

entenda o seu nome vai ficar na minha agenda n a página de

amigos Como é que eu posso ser amigo de alguém que eu tanto

amei se ainda existe aqui comigo tudo dela e eu não sei não

sei o que eu vou fazer pra continuar a minha vida assim se o

amor que morreu dentro dela ainda vive em mim

Se amor que morreu dentro dela ainda vive em mim.

Fechar Janela

Nos Bares da Cidade

 

Garçom me traga outra garrafa de cerveja

Vou ficar sozinho nessa mesa

Eu quero beber, chorar por ela

Garçom, a minha vida agora tá de ponta-cabeça

Já tentei, mas nada faz com que eu esqueça

Os olhos e os lábios daquela mulher

 

Garçom, ela saiu de vez da minha vida

E agora eu busco uma saída

A minha história de amor acaba em solidão

Garçom, se eu ficar muito chato e der algum vexame

Pegue toda a minha cerveja e derrame

Faça o que ela fez com minha paixão

 

Derrama a cerveja, derrama

Derrama a tristeza do meu coração

E essa angústia é uma bebida

Misturada, batida com a solidão

Derrama a cerveja, derrama

Enquanto eu derramo toda essa saudade

Eu sou apenas um qualquer, bebendo por mulher

Nos bares da cidade.

Fechar Janela

Saudade de Nós Dois

Vou te confessar

Tá dificil dessa vez acreditar

dá pra ver pra perceber em seu olhar

outra vez promessas soltas pelo ar

eu estou aqui

de peito aberto pra encarar qualquer loucura

mas já cansei de viajar nas suas juras

agora eu quero terra firme pra pisar

vai ser assim

vou ficar passando a pagina da história

quebrar cabeça rebuscando na memória

um sonho antigo que ainda mora em meu olhar

e assim eu vou vivendo

te ganhando e te perdendo

na emoção ainda te amo

na razão vou te esquecendo

essa duvida que fere cada vez aumenta mais

sou um barco naufragando sem poder voltar pro caz

e assim eu vou vivendo

sem saber o que fazer

o que foi da minha vida

o que vai ficar depois

eu preciso te esquecer mas no fundo estou morrendo de saudade de nós dois.

Fechar Janela

Eu e a solidão

Eu não quero cafe da manhã, vou dormir com a luz acesa.

Eu preciso fugir desse som que não sai da minha cabeça.

Me livrei das marcas de batom que ela deixou em mim quando foi embora.

 

O vento levou seu perfume e eu tranquei o seu adeus lá fora.

Eu e a solidão estamos no mesmo espaço.

Vou mandar meu coração dormir em outros braços.

 

Se ela aparecer amanhã de manhã e bater na porta falando de amor.

Ela vai sabe que o mundo dá voltas.

Um dia da caça outro do caçador.

CARRENGADO...