Eduardo Costa - Site Oficial

Menu

Voltar para Discografia

Leonardo e Eduardo Costa - Cabaré Night Club

Imagem do cd Comprar Álbum
Fechar Janela

As Andorinhas

As andorinhas voltaram

E eu também voltei

Pousar no velho ninho

Que um dia aqui deixei

 

Nós somos andorinhas

Que vão e quem vem

À procura de amor

Ás vezes volta cansada

Ferida, machucada

Mas volta pra casa

Batendo suas asas

Com grande dor

 

Igual a andorinha

Eu parti sonhando

Mas foi tudo em vão

 

Voltei sem felicidade

Porque, na verdade

Uma andorinha

Voando sozinha

Não faz verão

 

Fechar Janela

Só Mais Uma Vez

É fui mais um na sua vida

Pra você não importa como estou

Como uma bala em minha vida

Passou mas deixou a marca de uma grande dor

 

Você foi o caminho a luz

O inferno o veneno a cruz

O amor que perdi sem querer

Me deixando só saudade

No meu peito ainda invade

A vontade de ter você só mais uma vez.

 

É vou vivendo por viver

Tudo tudo que tenho não vale você

Procuro a forma ideal

Pra livrar-me deste mal

Mas nada nada me faz te esquecer

 

Você foi o caminho a luz

O inferno o veneno a cruz

O amor que perdi sem querer

Me deixando só saudade

No meu peito ainda invade

A vontade de ter você só mais uma vez.

Fechar Janela

Laço Aberto

Te amar foi um erro

Foi um erro te amar

Mas eu erro outra vez

Se acaso precisar...

 

Por você não me arrependo

Das loucuras que eu já fiz

Por você estou sofrendo

Mas te amar me faz feliz...

 

O amor é um laço aberto

Muito perto, tiro certo

Esperando alguém cair

Iludir, se ferir

Seu amor é desse jeito

Manhoso!

Safado e gostoso demais

O amor é um prato quente

Atraente, envolvente

Faz a gente se servir

Engolir, repetir...

 

Seu amor

É um jeito bom de viver

Eu não vou

Te esquecer nunca mais...

Fechar Janela

Mal Acostumada

Amor de verdade eu só senti

Foi com você meu bem

Comigo?

E todas as loucuras

Desse nosso amor

Você me deu também...

 

Você já faz parte

Da minha vida

E fica tão difícil

Dividir você de mim

E quando faz carinho

Me abraça

Aí eu fico de graça

Te chamando pra me amar...

 

Mal acostumado

Você me deixou

Mal acostumado

Com o seu amor

Então volta

Traz de volta meu sorriso

Sem você não posso ser feliz...(2x)

 

Amor de verdade eu só senti

Foi com você meu bem

E todas as loucuras

Desse nosso amor

Você me deu também...

 

Você já faz parte

Da minha vida

E fica tão difícil

Dividir você de mim

E quando faz carinho

Me abraça

Aí eu fico de graça

Te chamando pra me amar...

 

Mal acostumado

Você me deixou

Mal acostumado

Com o seu amor

Então volta

Traz de volta meu sorriso

Sem você não posso ser feliz...(3x)

 

Fechar Janela

Se Eu Não Puder Te Esquecer

Se eu não puder te esquecer

Mando dizer numa flor

Mando uma estrela avisar

Que o velho amor acordou

 

Se não puder me esquecer

Basta dizer por aí

Quando você sussurrar

Meu coração vai ouvir

 

Esquecer

Difícil demais

Ninguém é capaz

Se amou um pouquinho

 

Esquecer

Você nem pensar

E quando eu tentar

Que eu morra sozinho

Fechar Janela

São Tantas Coisas

São tantas coisas

Só nós sabemos o que envolve o sentimento

O nosso amor está magoado, mas eu tento

Dar vida a minha vida que entreguei em suas mãos

Nossos momentos

As nossas brigas nosso louco juramento

E esse medo de perder você que amo

Me faz tão fria e indiferente a situações

 

Vou confessar

Renunciei você de tanto louco amor

Mesmo morrendo sufoquei a minha dor

No quarto escuro do meu ego sem resposta

Não acredito

Que conheci você a caso do destino

Foi Deus que trouxe e te pôs no meu caminho

Pra me mostrar que não sou nada sem você

 

São tantas coisas

Temos até platéia contra e a favor

Apostadores da nossa grande dor

Metade amigo que aplaude e nos devora

Só Mesmo o Amor

De corpo e alma pra vencer essa batalha

Seguirmos juntos pra quebrar esta muralha

E receber das mãos divinas o troféu do amor

 

Vou confessar

Renunciei você de tanto louco amor

Mesmo morrendo sufoquei a minha dor

No quarto escuro do meu ego sem resposta

Não acredito

Que conheci você a caso do destino

Foi Deus que trouxe e te pôs no meu caminho

Pra me mostrar que não sou nada sem você

Fechar Janela

Não Quero Piedade

Por favor não venha com mentiras pelo amor de Deus

As mentiras e falsas promessas me fazem chorar

Se você não me quer, eu aceito a realidade

Prefiro ouvir uma triste verdade

Do que mil mentiras para me agradar

 

Você nunca fez um sacrifício pelo nosso amor

Não reclamo, mas me deixa triste seu modo de agir

Só espero que os seus carinhos não sejam forçados

Se for necessário morro apaixonado

Mas o nosso caso para por aqui

 

Não. não quero piedade

Amor pela metade

E pouco pra nós dois

Não, não repare meu jeito

Desculpe querida

Mas eu não aceito

Ser feliz agora e sofrer depois

Fechar Janela

Crises De Amor

Só existe um caminho pra nós dois

Não adianta nem tentar variações

Já bebeu da mesma água que bebi

Batizou com seu amor meu coração.

 

Não adianta lamentar o que passou

É por isso que eu peço não se vá

Fui parceiro nos momentos mais felizes

Se agora o nosso amor está em crise

Fique aqui pois haveremos de enfrentar.

 

São as crises de amor, nem por isso te amo menos

Nem por isso, nem por nada

Não adianta nem tentar novos caminhos

Quando é fácil consertar a velha estrada.

 

 

Conhecemos mil segredos um do outro

Muitas vezes nós amamos confiante

Conheci você no auge do amor

E você me conheceu no mesmo instante.

 

Já é tarde pra jogarmos tudo fora

Tanto tempo alimentando as ilusões

Você sabe as reações dos meus sentidos

E eu já sei como você tem reagido

Tudo isso favorece as emoções.

 

São as crises de amor, nem por isso te amo menos...

Fechar Janela

Passe Livre

Se tudo o que faço você acha errado

O que você quer não é certo pra mim

É melhor cada um seguir um caminho

Não podemos mais continuar assim

Até um gesto meu, lhe provoca briga

Você se irrita, diz que me odeia

Me xinga e me olha só de cara feia

Sinal que entre nós tudo chega ao fim

 

Você não é obrigada

A viver comigo se você não quer

Vou dar agora seu passe livre

Você pode ir para onde quiser

Vamos encarar a realidade

E ver o problema como ele é

Pra você não existe só eu de homem

Pra mim não existe só você mulher

 

Você não é obrigada

A viver comigo se você não quer

Vou dar agora seu passe livre

Você pode ir para onde quiser

Vamos encarar a realidade

E ver o problema como ele é

Pra você não existe só eu de homem

Pra mim não existe só você mulher

Fechar Janela

Uma Vez Por Mês

Já que eu não tive a sorte

De ter você meu bem ao meu lado

Eu preciso ser mais forte

Para resistir e viver conformado

 

Se é que o destino existe

Não foi favorável, para os dias meus

Não tive a felicidade

De ser o pai dos filhos seus

Às vezes a saudade aperta

Eu vou à procura dos velhos amigos

Somente para perguntar

Como vai você, se está tudo bem

Embora sabendo que vive ao lado de outro

Eu me preocupo

É esse o verdadeiro amor

É a paixão de um homem quando ama alguém

 

Refrão

Se eu...

Não tivesse a força que tenho no peito

Eu seria um boêmio perfeito

E dos botequins, um eterno freguês

Mas eu...

Prefiro curtir com dignidade

E para afastar a infinita saudade

Eu bebo somente uma vez por mês

Fechar Janela

Decida

Sente aqui comigo no sofá

E vamos conversar

É hora de abrir o jogo

Nosso amor está indo água abaixo

Se deixar vira relaxo

Temporal apaga o fogo

 

Por que você não olha nos meus olhos?

Seu beijo não tem o mesmo sabor?

O seu carinho não me faz dormir?

Nem sua quando a gente faz amor?

Você só vai tomar banho sozinha

Na hora do jantar me diz que já comeu

Não vê novelas e nem liga o som

Diz que não tem nada bom

Que satisfaça o ego seu

 

Você se esqueceu

Que dentro desta casa eu existo

Que em 82 casou comigo

Por isso exijo uma explicação

Se sou eu que te incomoda

Pra te fazer feliz fiz o que pude

Mas o incomodado é que se mude

Você quem vai tomar a decisão

 

Decida

Se vai embora ou ficar comigo

Se vai me respeitar como marido

Pois desse jeito não estou aguentando

Decida

Ou pare de uma vez com esse delírio

Talvez você precise usar colírio

Para enxergar o quanto ainda te amo

Fechar Janela

Apaixonado

Moreninha linda se tu soubesses
O quanto padece quem tem amor
Talvez não faria o que faz agora
Quem te adora não tem valor

Não vivo sem ti, sem ti não sei viver
Se eu perder teus beijos juro querida que vou morrer
Vou sofrer por ti, por ti vou sofrer
Se for meu destino apaixonado quero morrer

Fechar Janela

Tranque A Porta E Me Beija

Pelo menos desta vez vê se me entende

E coloque de uma vez nessa cabeça que eu te amo

Tô cansado de falar do meu amor

Tô ferido, machucado por favor

Vê se mata a solidão que me apavora, não vá embora

 

Só Deus sabe o que eu sofri, o que chorei

Se eu devia algum pecado eu já paguei

Por favor não me imponha o seu castigo, fica comigo

 

Quero fazer com você o amor mais gostoso

Quero transar com você os meus sonhos de amor

Tira de dentro de mim o amor que deseja

Jogue essa mala no chão, tranque a porta e me beija

 

Só Deus sabe o que eu sofri, o que chorei

Se eu devia algum pecado eu já paguei

Por favor não me imponha o seu castigo, fica comigo

 

Quero fazer com você o amor mais gostoso

Quero transar com você os meus sonhos de amor

Tira de dentro de mim o amor que deseja

Jogue essa mala no chão, tranque a porta e me beija

Fechar Janela

Pedaço Da Minha Vida

Quando eu estiver longe de ti

Ouço esta canção querida

Que eu cantarei só pra você

É um pedacinho de minha vida

 

No rádio está tocando esta melodia

Que a ti eu ofereço de coração

Se eu estiver distante recordará

Daqueles doces momentos tera saudade muita solidão

 

Pedaço da minha vida

Razão do meu padecer

Serei sempre o seu amor querida

Se um dia nos separarmos

Jamais me esquecerá

Porque minha voz pra sempre ouvirá

 

Pedaço da minha vida

Razão do meu padecer

Serei sempre o seu amor querida

Se um dia nos separarmos

Jamais me esquecerá

Porque minha voz pra sempre ouvirá

Fechar Janela

Me Mata De Uma Vez

Me mata de uma vez, que eu prefiro assim

Mas não me mate aos poucos, judiando de mim

Me mata de uma vez eu até lhe agradeço

Porém não me torture por favor eu não mereço

 

Me mata de uma vez, rasgue-me o meu peito

Me arranque o coração, faça o que achar direito

Eu morrerei feliz para de novo não ver

No lugar que era meu outro homem com você

 

Me mata de uma vez, meu amor, nesse instante

Eu te amo e não suporto te ver com outro amante

Me mata de uma vez, não sentirei tanta dor

O que mais dói nesse mundo é a tortura de amor

 

Me mata de uma vez, rasgue-me o meu peito

Me arranque o coração, faça o que achar direito

Eu morrerei feliz para de novo não ver

No lugar que era meu outro homem com você

 

Me mata de uma vez meu amor nesse instante

Eu te amo e não suporto te ver com outro amante

Me mata de uma vez, não sentirei tanta dor

O que mais dói nesse mundo é a tortura de amor

Fechar Janela

Vá Com Deus!

A cada dia que se passa

Mais distante um rosto tão bonito

Se perdeu na indiferença

É pena que este amor não teve consciência

Dos sonhos que sonhamos em segredo

 

Vá com Deus! Vá com Deus!

Que o amor ainda está aqui

Vá com Deus! Vá com Deus!

E tente sorrir por mim

Amor meu!

Se o destino tá traçado

Pra vivermos lado a lado

Vá com Deus!

Uh!

 

Despi minh'alma ao deitar nos braços de nós dois

Pra ser um só você nada entendia

Que tudo te esperava nas horas mais sublimes

Do meu eu!

 

Vá com Deus! Vá com Deus!

Que o amor ainda está aqui

Vá com Deus!

E tente sorrir por mim

Amor meu!

Se o destino tá traçado

Pra vivermos lado a lado

Vá com Deus!

 

Vá com Deus!

O amor ainda está aqui

Vá com Deus!

E tente sorrir por mim

Amor meu!

Se o destino tá traçado

Pra vivermos lado a lado

Vá com Deus!

CARRENGADO...