Eduardo Costa - Site Oficial

Menu

Voltar para Discografia

CD/DVD Eduardo Costa - Acústico

Imagem do cd
Fechar Janela

Faz de conta

Prá que saber meu nome

Saber do meu passado

Não me pergunte nada

Fique do meu lado

 

Vamos fingir que já nos conhecemos

Que não existe mais ninguém no mundo

Vamos viver a vida inteira nessa noite

E tentar aproveitar cada segundo

 

E não me diga nada do que pensa

Pense depois seja feliz primeiro

Inventa um sonho porque o mundo de mentira

É mais bonito do que o verdadeiro

 

E veja em mim só um desconhecido

Quem sabe até o seu amor perdido

Eu quero ser

O que você quiser

 

Refrão:

Prá que saber meu nome

Saber do meu passado

Eu sou igual a tantos

Eu já amei e fui amado

 

Prá que saber meu nome

Saber do meu passado

Não me pergunte nada

Fique do meu lado

 

Me dê a mão vamos fazer de conta

Que o amor existe e tudo é fantasia

E que a tristeza está cansada de sofrer

E por nós dois se transformou em alegria

 

E pode ser que depois dessa noite

Venha outra noite e mais outra quem sabae

E pode ser que a vida faça uma surpresa

E que esse amor talvez nunca se acabe

 

E eu não serei mais um desconhecido

Serei teu sonho de amor preferido

E o que vai ser

O tempo vai dizer

 

Refrão:

Prá que saber meu nome

Saber do meu passado

Eu sou igual a tantos

Eu já amei e fui amado

 

Prá que saber meu nome

Saber do meu passado

Não me pergunte nada

Fique do meu lado

Fechar Janela

Enamorado

Já não sei, se é amor

O que eu sinto no meu coração

Eu só sei, que esse amor

Me envolve e eu não sei dizer não

Se eu te olho pinta um desejo

Do gosto doce do seu beijo

Me acalma quando você vem me tocar

Chega perto minha cabeça gira

Sua voz é uma poesia

Um beijo pra fazer meu mundo parar

E te amar

 

Yo estoy enamorado por ti

E não sei como explicar

Este amor que viene de dentro involucra mis sentimientos

Eu só sei te amar

 

Yo estoy enamorado por ti

E não sei como explicar

Este amor que viene de dentro involucra mis sentimientos

Eu só sei te amar, te amar

 

Já não sei, se é amor

O que eu sinto no meu coração

Eu só sei, que esse amor

Me envolve e eu não sei dizer não

Se eu te olho pinta um desejo

Do gosto doce do seu beijo

Me acalma quando você vem me tocar

Chega perto minha cabeça gira

Sua voz é uma poesia

Um beijo pra fazer meu mundo parar

E te amar

 

Yo estoy enamorado por ti

E não sei como explicar

Este amor que viene de dentro involucra mis sentimientos

Eu só sei te amar

 

Yo estoy enamorado por ti

E não sei como explicar

Este amor que viene de dentro involucra mis sentimientos

Eu só sei te amar

Eu só sei te amar, te amar

Fechar Janela

Minha metade

Será?

Que a gente entrega

O coração?

Sei lá!

Querendo fugir da solidão

Sem pensar

Nas consequências

Que o amor pode causar

Ao me entregar...

 

Assim!

Eu me feri, me machuquei

Jurei!

Não mais me dar

Como eu me dei...

 

Mas não sou

Capaz de controlar

Meu próprio coração

E outra paixão...

 

Eu vou procurar

Pois a esperança

Voltou a me dominar

Quem será?

Quem será?

A metade que irá

Me completar...

 

Será?

Que a gente entrega

O coração?

Sei lá!

Querendo fugir da solidão

 

Mas não sou

Capaz de controlar

Meu próprio coração

E outra paixão...

 

Eu vou procurar

Pois a esperança

Voltou a me dominar

Quem será?

Quem será?

A metade que irá

Me completar... (2x)

 

Quem será?

Quem será?

A metade que irá

Me completar...

 

Quem será?

Que vai me completar

Quem será?

Que vai me completar

Abrir vídeo no playeradicionar no player

Fechar Janela

Os 10 mandamentos do amor

Os dez mandamentos do amor

Para conquistar uma mulher

Tem que ter carinho, tem que ter jeitinho

Tem que dar aquilo que ela quer

 

Primeiro, tudo começa com a paquera

O seu olhar bem dentro do olhar dela

E com jeitinho lhe tire para dançar

Dance macio pra ela se aconchegar

Segundo, um papo para derrubar avião

Suavemente vai pegando sua mão

 

Terceiro, um cheiro pra sentir o seu perfume

Olhando as outras pra ela sentir ciúmes

O quarto é brincar no escurinho

Ser o lobo mau e ela o chapeuzinho

O quinto, tem que ser bem safadinho

Preste atenção agora

 

Ao sexto mandamento

Ela não vai te esquecer um só momento

Repita a dose se sentir que ela gostou

Na hora h, lhe chame de meu amor

 

Sétimo toque é lhe falar de paixão

Falar somente das coisas do coração

Oitavo mandamento diz para jurar

Lhe ser fiel até a morte lhe levar

No nono você diz que vai voltar

Diz que amanhã vai telefonar

E o décimo

Deixa ela esperar...

 

[x2]

Os dez mandamentos do amor

Para conquistar uma mulher

Tem que ter carinho, tem que ter jeitinho

Tem que dar aquilo que ela quer

 

Primeiro, tudo começa com a paquera

O seu olhar bem dentro do olhar dela

E com jeitinho lhe tire para dançar

Dance macio pra ela se aconchegar

Segundo, um papo para derrubar avião

Suavemente vai pegando sua mão

 

Terceiro, um cheiro pra sentir o seu perfume

Olhando as outras pra ela sentir ciúmes

O quarto é brincar no escurinho

Ser o lobo mau e ela o chapeuzinho

O quinto, tem que ser bem safadinho

Preste atenção agora

 

Ao sexto mandamento

Ela não vai te esquecer um só momento

Repita a dose se sentir que ela gostou

Na hora h, lhe chame de meu amor

 

Sétimo toque é lhe falar de paixão

Falar somente das coisas do coração

Oitavo mandamento diz para jurar

Lhe ser fiel até a morte lhe levar

No nono você diz que vai voltar

Diz que amanhã vai telefonar

E o décimo

Deixa eu deixo as duas esperar...

 

[x2]

Os dez mandamentos do amor

Para conquistar uma mulher

Tem que ter carinho, tem que ter jeitinho

Tem que dar aquilo que ela quer

Fechar Janela

Doeu

Doeu, vai ter que ser assim,

Não sei se sente amor por mim.

Perdoa, me enganei!

 

Pensei mil vezes pra falar,

Desculpe se eu te machucar,

Meus passos não me levam mais pra você.

 

Eu tô vindo aqui pedir pra me deixar,

Entende que ao meu lado não é o seu lugar.

Já era, foi tudo ilusão, você vai ver.

 

Doeu saber que me entreguei, mas foi na hora errada.

Doeu quando eu te abracei e não senti mais nada.

Doeu quando olhei nos teus olhos e vi solidão.

Doeu mas nada vai mudar minha decisão.

Doeu, doeu, doeu...

 

 

Fechar Janela

Sem céu e sem chão (part. Cristiano Araujo)

Eu tento mudar mas não mudo,

Ao invés de iludir, eu me iludo.

Na vida tem jeito pra tudo

E eu não tomo jeito.

 

Aqui trancado no meu quarto e o coração sangrando,

Reavaliando os estragos que você me fez.

Com minha alto estima baixa,

Ligando e passando mensagem,

Eu não me vejo com coragem de te amar outra vez.

 

Eu sei que fui culpado em parte,

Mas cada vez que você parte

É como se a dor de um infarte partisse meu peito.

 

Eu tento mudar mas não mudo,

Ao invés de iludir, eu me iludo.

Na vida tem jeito pra tudo

Mas eu não tomo jeito.

 

Sem ar eu tô matando o tempo pra ver se vivo,

Com medo de encontrar você, eu me escondo de mim.

Caminho mas não tenho rumo,

Até minha alma está perdida,

Como é que eu recomeço a vida que você deu fim?

 

Eu sei que fui culpado em parte,

Mas cada vez que você parte

É como se a dor de um infarte invadisse o meu peito.

 

Eu tento mudar mas não mudo,

Ao invés de iludir, eu me iludo.

Na vida tem jeito pra tudo

Só eu não tenho jeito.

Fechar Janela

O predador e a Presa

Meu coração deu bobeira

E a travesou a fronteira

Tentando encontrar o seu

Foi ai que eu vacilei

Dei bobeira e te amei

E você nem percebeu

 

Eu estava tao carente

E você tao envolvente

Nem notou que eu te queria

Chamei no primeiro olhar

Você não soube me amar

Nem notou que eu existia

 

De predador virei presa

To grudado na tristeza

To só bebendo cerveja

Sofrendo em mesa de bar

De predador virei presa

To vivendo no perigo

Você me dando castigo

Eu mereço por te amar

 

Eu estava tao carente

E você tao envolvente

Nem notou que eu te queria

Chamei no primeiro olhar

Você não soube me amar

Nem notou que eu existia

 

De predador virei presa

To grudado na tristeza

To só bebendo cerveja

Sofrendo em mesa de bar

De predador virei presa

To vivendo no perigo

Você me dando castigo

Eu mereço por te amar

Fechar Janela

Nasci pra te amar

Sem sombra de desejo e emoção,

Entregando pra ninguém meu coração,

Foi então que eu ouvi sua voz.

 

Senti o doce cheiro da sua paixão,

No seu olhar eu encontrei a minha paz.

Eu sei que eu nasci pra te amar.

 

Agora que encontrei você, me amarrei,

Sou louco de amor, um sonhador...

 

Você me achou, me libertou,

Quando eu achava que eu não tinha jeito,

Que eu era um escravo dessa solidão,

O seu amor veio como doce chuva no meio do sertão.

Fechar Janela

Agenda rabiscada

Você fala por aí

Que não me ama

Você jura

Que já não sente mais nada

Mas a noite é pesadelo

Em sua cama

Solidão da madrugada.

 

Telefone na parede

Desligado!

E o meu nome

Em sua agenda rabiscado

São sintomas de paixão

Mal resolvido

E de amor, mal acabado.

 

Você deita!

Mas o sono se levanta

Faz de tudo prá dormir

Não adianta!

Tá morrendo de saudade

Por orgulho

Não vem me procurar.

 

Quem esqueceu

Não chora!

Quem chora ainda lembra

Quando se esquece

Rasga!

Não se rabisca a agenda

Quem esqueceu

Não chora!

Nem rola pela cama

Se ainda perde o sono

É que ainda me ama.

 

Você deita!

Mas o sono se levanta

Faz de tudo prá dormir

Não adianta!

Tá morrendo de saudade

Por orgulho

Não vem me procurar.

 

Quem esqueceu

Não chora!

Quem chora ainda lembra

Quando se esquece

Rasga!

Não se rabisca a agenda

Quem esqueceu

Não chora!

Nem rola pela cama

Se ainda perde o sono

É que ainda me ama.

 

Você ainda me ama

Fechar Janela

Louco coração

Passou como um furacão

Tantos carinhos, noites de paixão

Sonhos que viraram ilusão, uma história de amor

 

Tudo acabou em desilusão

É o desejo desse pecador

Deixa livre esse coração que o destino enganou

 

Só restou desta lenta agonia

Músicas com tristes melodias

Que me lembram que eu não posso mais

Entregar meu pobre louco coração

Pra quem não sabe amar

 

Vai, vai, vai embora da minha vida,

Vai, vai, fica com saudade

Não vai achar ninguém que te ame tanto assim

Por isso, vai...

 

Vai, vai, levanta e cai fora,

Vai, vai, agora é a hora

Tudo o que eu preciso, tudo o que eu quero é...

Um verdadeiro amor

 

Ouô ou uô uô

Ouô ou ou ô

Ô uô ou uô uô

 

Vai...

(Vai, vai embora da minha vida

Vai, vai, fica com saudade)

Não vai achar ninguém que te ame, o quanto eu te amei

 

(Vai, vai, levanta e cai fora,

Vai, vai, agora é a hora)

Tudo o que eu preciso, tudo o que eu quero é...

Um verdadeiro amor

Fechar Janela

Não dá pra fazer amor sem ter voce

De repente foi saindo dos meus braços

Foi embora sem dizer porque e pra onde

Fez a minha fantasia o meu fracasso

E quebrou meu coração em mil pedaços

 

Dividiu o meu caminho entre o bem e o mal

Colocou na minha estrada tanto mistério

Minha vida sem você é um grande temporal

Minha noite sem você é um inferno

É difícil conviver com essa falta de você

Eu procuro e não consigo te esquecer

 

[refrão]

 

Não dá pra continuar sofrendo assim

Não dá, não dá

Não dá pra continuar vivendo assim

Não dá, não dá

Não dá pra levar a vida sem você

Não dá, não dá

Não dá pra fazer amor sem ter você

Não dá, não dá

 

Dividiu o meu caminho entre o bem e o mal

Colocou na minha estrada tanto mistério

Minha vida sem você é um grande temporal

Minha noite sem você é um inferno

É difícil conviver com essa falta de você

Eu procuro e não consigo te esquecer

 

[refrão]

Fechar Janela

Esquecer é o nosso jeito

Não há razão pra discutir 

a essa hora o sol se foi 

estou a ponto de explodir 

com essa guerra entre nós dois 

não há razão pra te esquecer 

nem muito menos pra lembrar 

entre a paixao e o querer 

só há motivos pra chorar 

cada palavra é um espinho 

a sair da sua boca 

que arranha a minha pele e vai manchando a minha roupa 

devastando o meu peito 

com o tédio de um temporal 

cada olhar é uma gota envenenando nosso vinho 

é um prego no sapato 

é uma pedra no caminho 

sempre juntos mas sozinhos 

nesse mundo desigual 

você vai pela esquerda 

que eu vou pela direita 

essa casa tá pequena e a porta muito estreita 

se o amor nos dá a chance a gente briga, ignora 

esquecer é o nosso jeito de sair e ir embora

Fechar Janela

Eu menti

Eu menti pra você quando disse

Que tinha esquecido

E menti pra você pra escapar

Do seu jeito bandido

Tive medo de sofrer na pele

Tudo aquilo outra vez

Quando penso em você eu

Também lembro do que já me fez

 

Eu menti pra você quando disse

Que tinha outro alguém

Eu falei foi da boca pra fora

Eu não tenho ninguém

A verdade é que ainda me sinto

Assim todo seu, e o amor que eu

Jurei ter morrido se quer adoeceu

 

Se você quer mesmo a verdade

To morrendo de saudade

Conto as horas pra te ver

Se esse amor não resisti

Me perdoe se eu menti

Foi de tanto amar você

 

Eu menti pra você quando disse

Que tinha outro alguém

Eu falei foi da boca pra fora

Eu não tenho ninguém

A verdade é que ainda me sinto

Assim todo seu, e o amor que eu

Jurei ter morrido se quer adoeceu

 

[x2]

Se você quer mesmo a verdade

To morrendo de saudade

Conto as horas pra te ver

Se esse amor não resisti

Me perdoe se eu menti

Foi de tanto amar você

Fechar Janela

Quando um grande amor se faz

Todo amor parece

No começo um mar de rosas

Mas é triste

Numa lágrima que cai

É uma chama que se espalha

Feito fogo sobre a palha

E destróI tudo depressa

Até demais

Amar é como ter um sonho

E despertar

Com medo de chorar.

 

Quando

Um grande amor se faz

De tudo a gente

Pensa ser capaz

É uma ilusão

Querer que a vida

Seja sempre linda

Com estrelas coloridas

Sem espinhos

Nos caminhos do amor

Maravilhosa confusão

Que enlouquece o coração

Alguém fica apaixonado

Sempre!

 

Quando

Um grande amor se faz

Os nossos sonhos

Vão crescendo mais

Por que a saudade tem

Mil amores...

 

Quando a dor se esconde

Num olhar

Que está distante

A lembrança deixa

O coração fugir

A procurar pela cidade

Um amor que na verdade

Mesmo longe

Continua sempre aqui

Amar é uma fantasia

Quando a gente finge

Ser feliz...

 

Quando

Um grande amor se faz

De tudo a gente pensa

Ser capaz

Que ninguém no mundo vai

Ter tanto tempo

Prá viver em paz

Quando o amor chegar

Te vencerá...

 

E quando menos se espera

O amor feito uma fera

Se transforma

Simplesmente em paixão

Faz do inferno o paraíso

E do sorriso uma solidão...

 

Quando

Um grande amor se faz

De tudo a gente pensa

Ser capaz

É uma ilusão querer

Que a vida

Seja sempre linda

Com estrelas coloridas

Sem espinhos

Nos caminhos do amor

Maravilhosa confusão

Que enlouquece o coração

Alguém fica apaixonado

Sempre!

 

Quando

Um grande amor se faz

Os nossos sonhos

Vão crescendo mais

Quando

Um grande amor se faz

O coração e o corpo

São iguais

Por que a saudade tem mil amores

Mil amores mil amores mil amores

Fechar Janela

Vou pro boteco beber

Cada vez que ela se vai

Eu quase morro de saudade

Fico buscando consolo

Pelas ruas da cidade

Vivo andando sozinho

E me entregando a bebendo

E morrendo de saudade

Do amor dessa bandida

 

Toda vez que a gente briga

É o mesmo pesadelo

A vida vira um inferno

Quase entro em desespero

E sempre a mesma historia

Eu entrando numa fria

Vivendo de bar em bar

Bebendo minha agonia

E sofrendo como um louco

Vendo amanhecer o dia

 

Ai ai ai ai

 

Daria a vida para poder esquecer

Se ela não volta

Não tem mais graça viver

Peço pra Deus para me deixar morrer

 

Ai ai ai

 

É muito tenso eu ter que gostar sozinho

O que eu quero é um pouco de carinho

Enquanto isso eu vou pro boteco beber

 

Toda vez que a gente briga

É o mesmo pesadelo

A vida vira um inferno

Quase entro em desespero

E sempre a mesma historia

Eu entrando numa fria

Vivendo de bar em bar

Bebendo minha agonia

E sofrendo como um louco

Vendo amanhecer o dia

 

Ai ai ai ai

 

Daria a vida para poder esquecer

Se ela não volta

Não tem mais graça viver

Peço pra Deus para me deixar morrer

 

Ai ai ai ai

 

É muito tenso eu ter que gostar sozinho

O que eu quero é um pouco de carinho

Enquanto isso eu vou pro boteco beber

CARRENGADO...